Farmácia da Família: cidadã denuncia falta medicamentos que é reconhecida pela SMS em Vitória da Conquista Farmácia da Família: cidadã denuncia falta medicamentos que é reconhecida pela SMS em Vitória da Conquista - Jornal Folha de Cordeiros

Jornal Folha de Cordeiros

LightBlog

Posts Recentes

terça-feira, 11 de fevereiro de 2020

Farmácia da Família: cidadã denuncia falta medicamentos que é reconhecida pela SMS em Vitória da Conquista


Farmácia da Família: cidadã denuncia falta medicamentos que é reconhecida pela SMS em Vitória da Conquista

 A Farmácia de Saúde da Família tem recebido atenção por parte do secretário municipal de Saúde Alexandro Nascimento Costa, mesmo assim a falta de medicamentos tem prejudicado os tratamentos de centenas de pacientes em Vitória da Conquista. No início da tarde da segunda-feira (10) 

BLOG DO ANDERSON recebeu a manifestação de Amanda Martins, que segundo ela “tentei falar com algum responsável na Secretaria de Saúde e não conseguir, então resolvi mandar esse E-mail. Gostaria de denunciar a falta de remédio na Farmácia da Família. Há mais de 6 meses não consigo pegar remédio de diabetes, a Glicazida. 

Hoje fui buscar as fitas e lancetas para medir a glicemia e não tinham. Para piorar, também não encontrei os medicamentos de pressão da minha mãe e os de pressão e diabetes da minha vó. Não tem nem Glicazida e agora até Metformina? Onde vamos parar? 

Vou listar o que tive que comprar com o pouco da aposentadoria das duas, porque não tem na Farmácia: Anlodipina, Losartana, Carvedilol, Glicazida e Metformina. E ainda tive que comprar as lancetas. Só aí gastei mais de R$ 100 do pouco recurso que elas têm. Uma total falta de respeito conosco. Até quando esse desrespeito vai continuar? Isso porque não lembrei de anotar o que estava faltando das outras pessoas que estavam na fila comigo. Desse jeito é melhor fechar a farmácia”. Sobre essa queixa “a Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Coordenação de Assistência Farmacêutica, esclarece que devido ao recesso na indústria farmacêutica alguns fornecedores estão com o estoque zerado de medicamentos, o que está gerando atraso na entrega. A coordenação reitera, ainda, que já foram feitos os pedidos dos medicamentos, que estão em processo de compra, e a previsão é de que a distribuição seja totalmente normalizada nas Farmácias da Família até o mês de março”.




Nenhum comentário:

Postar um comentário